No meio da balbúrdia de Copacabana o Ananda Espaço de Yoga é um verdadeiro oásis: um apartamento térreo de fundos com todo jeito de casa, onde se praticam várias modalidades de Yoga e Meditação.

Nosso Espaço físico é acolhedor, familiar e possui turmas ideais para àqueles que buscam paz e harmonia. O Espaço Ananda preza pelo silencio e a tranquilidade onde todos se conhecem e fazem parte de um grupo de guardiões da paz!

Nesse momento de pandemia, optamos por permanecer trabalhando de casa. Toda a nossa equipe está online para oferecer o melhor do Yoga para você, mesmo com a prática remota, por isso, compartilhamos o que nos une, o nosso propósito.

Com uma equipe especializada de instrutores em diferentes linhas do Yoga, assumimos há 24 anos o compromisso de apresentar o Yoga como um caminho para o autoconhecimento.

 

 

O Ananda Espaço de Yoga nasceu a partir do sonho de Magda Moraes, praticante e estudante do Yoga por mais de 40 anos. Magda foi pedagoga e formada pela UniYoga, pela Associação Nacional de Yoga Integral, pelo Integrative Yoga Therapy e pós-graduada em Ciência do Yoga pelo IBMR. Adquiriu vasto conhecimento ao longo de mais de 4 décadas dedicadas ao Yoga, Meditação, Filosofia Hindu e Vedanta. Transmitiu os ensinamentos ao longo dos anos a diversos familiares, amigos, colaboradores, professores e alunos, culminando sua trajetória com a abertura do Ananda Espaço de Yoga. Atuou à frente do espaço por 18 anos passando o bastão em 2016 para sua filha Camila Moraes que administra o Espaço até hoje.

 

O Espaço foi fundado no dia 21 de fevereiro de 1997, homenagem ao dia de nascimento de Mirra Alfassa. A Mãe, como é conhecida, foi companheira espiritual de Sri Aurobindo realizando os ensinamentos hoje refletidos em Pondcherry (Índia) e difundidos pelo Purna Yoga.

Ananda (sânscrito आनन्द, ānanda) é um termo sânscrito que significa êxtase (sentimento) ou felicidade suprema. No Vedanta, ananda é uma das três características do Absoluto ou Brahman: Sat (realidade), Cit (consciência) e Ananda (beatitude).

A palavra ananda pode também se referir a um dos níveis ou camadas do ser humano, de acordo com a Taittiriya Upanishad; e à vivência que pode ser atingida em estados de samadhi nos quais a pessoa ultrapassou toda dualidade e se sente completa, ou seja, já não deseja mais nada.